Ministra da Saúde estará no ES durante Dia D contra dengue no sábado (2)

Ministra da Saúde estará no ES durante Dia D contra dengue no sábado (2)

Nísia Trindade estará vai participar da mobilização, durante as ações no município de Serra, colocando o estado como referência no enfrentamento da doença  

Foto Ministério da Saúde

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, estará no Espírito Santo, neste sábado (2), para participar da Mobilização Nacional Contra a Dengue, durante a realização do Dia D, no município de Serra. O estado é referência para a ação que visa conscientizar sobre a importância da prevenção e eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti.

Nísia Trindade convocou todos os estados e municípios brasileiros para a mobilização, em coletiva de imprensa realizada na manhã de quarta-feira (28). Ela destaca que a dengue é uma doença que deve ser olhada em duas dimensões: a prevenção e o cuidado. "Elas continuam sendo importantes e o Dia D vai reforçar isso, sobre o controle dos focos e o cuidado que envolve todos os poderes, além da responsabilidade das cidadãs e cidadãos (no combate à dengue)", reforça a ministra da Saúde.

As ações foram apresentadas durante assembleia dos secretários estaduais de Saúde realizada pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Entre as sugestões, está o protagonismo dos agentes, responsáveis por levar as mensagens de orientação e prevenção à população. Além do cuidado para a eliminação dos focos, deverá haver também instruções sobre sinais de alerta e a importância da hidratação. As ações propostas foram definidas pelo Ministério da Saúde, em conjunto com o Conass e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Comprometidos com enfrentamento

O secretário de Estado da Saúde, Miguel Duarte – que esteve presente na reunião com a ministra, afirma que todos estão comprometidos com o enfrentamento da epidemia para preservar a vida. "No sábado (2), Dia D, estaremos juntos incentivando as ações municipais de vacinação e de combate na eliminação dos focos do mosquito", enfatiza. "A dengue é uma ameaça e pode ser fatal. Precisamos unir forças", convoca o secretário, ressaltando que os cuidados devem ser de todos, pois 80% dos focos estão nas residências.

O encontro contou ainda com a participação de diferentes entidades da saúde, a representante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil, Socorro Gross; os secretários nacionais de Saúde, Ethel Maciel e Felipe Proenço; o presidente do Conass, Fabio Baccheretti; o presidente do Conasems, Hisham Mohamad Hamida; e a presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (Conacs), Ilda Angélica.

A Secretaria do Estado da Saúde (Sesa), por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, está em contato com os municípios para reforçar a importância das realizações das ações de combate à dengue com a população neste sábado (2).

Dados e ações

Até esta quarta-feira (28), foram notificados 45.186 casos de dengue no Espírito Santo e dois óbitos confirmados, além de outros 17 em investigação. E, desde o início da imunização contra a dengue no Estado, 4.099 crianças de 10 e 11 anos foram vacinadas.

Na última semana, o Estado decretou situação de Emergência em Saúde Pública, em razão do cenário epidemiológico das arboviroses. Além disso, constituiu o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) de Arboviroses, com ações a serem desenvolvidas em parceria com a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), com a possibilidade de articulação de demais órgãos. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 19 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://anoticiadocaparao.com.br/