Família é feita refém e tem casa assaltada na zona rural de Iúna

Família é feita refém e tem casa assaltada na zona rural de Iúna

  Pai, mãe e filho foram abordados, dentro de casa, por um homem e uma mulher, que os ameaçaram e levaram dinheiro e bens da residência

Uma família passou por momentos de terror, na noite de domingo (18), na zona rural de Iúna. Segundo informações da Polícia Militar, um homem, sua esposa e filho, moradores do Córrego Trindade, foram feitos reféns e tiveram a casa assaltada, de onde foram levados dinheiro e bens. Pelo menos, um homem e uma mulher participaram do assalto, mas até o fechamento dessa matéria, nenhum suspeito havia sido preso.

A Polícia Militar foi acionada para atender a um flagrante de roubo em residência na localidade do Córrego Alto Trindade. Ao chegar ao local, não conseguiu encontrar o proprietário, um produtor rural de 45 anos, além de sua esposa e filho. Os militares, então, forçaram a porta, na presença de dois irmãos da vítima, e encontraram a casa revirada, mas sem sinal dos moradores.

Foram feitas buscas no entorno da casa, no galpão de armazenar café e em casas de vizinhos, sem qualquer sinal das vítimas. Até chegar a informação que todos estavam na casa de um amigo, cerca de três quilômetros da residência

No local, o morador da casa roubada contou, aos policiais, que uma mulher branca, de olhos claros e cabelo castanho, pediu ajuda para consertar sua moto. Quando foi pegar uma ferramenta, a vítima foi abordada por um homem, moreno, gordo, de camisa listrada, que colocou uma pistola em sua cabeça. Ele, sua esposa e filhos, então, foram obrigados, pelos suspeitos, a irem para o banheiro, enquanto os suspeitos passaram saquear a casa.

De acordo com o Boletim da PM, os bandidos levaram R$ 2,2 mil em dinheiro, dois celulares, chaves de uma Honda Pop e de um Gol, além de duas armas de fogo. Após pegarem o que queriam, o dono da casa conta que os assaltantes fizeram ameaças de morte, caso fizessem a denúncia do crime. Por isso, com medo, a vítima e sua família fugiram andando pela lavoura de café até chegarem à casa do amigo, onde foram encontrados pela Polícia Militar. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 19 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://anoticiadocaparao.com.br/