Um ano após o homicídio de Carlos Augusto (Carlitinho), família segue aguardando que a justiça seja feita

Um ano após o homicídio de Carlos Augusto (Carlitinho), família segue aguardando que a justiça seja feita

Julgamento provavelmente ocorrerá em meados deste ano  

No dia 13 de março de 2023, as redes sociais foram tomadas por mensagens de familiares e amigos de Carlos Augusto, assassinado por disparos de arma de fogo em um bar na cidade de Iúna-ES. A vítima, popularmente conhecida como "Carlitinho", era empresário no ramo da agropecuária e muito querido na região.

Sua morte causou grande abalo a toda a sociedade iunense, uma vez que além de ser pessoa muita querida, o crime ocorreu em local público. Além da vítima fatal, uma terceira pessoa foi atingida pelos disparos.

Os amigos e familiares estão tomados por uma profunda dor e aguardam pelo julgamento do réu, que provavelmente ocorrerá em meados do ano de 2023.

Ainda sem entender os motivos do assassinato, os familiares questionam as razões para tamanha crueldade, conforme relatos: "Foi um choque muito grande do qual ainda precisamos nos recuperar. Nossa casa, nossa família nunca mais será a mesma. Nos perguntamos sempre por que fizeram tamanha covardia com você? Ainda não tivemos a resposta. Queremos justiça sim!".

O réu segue preso aguardando seu julgamento que será realizado pelo Tribunal do Júri, órgão do Poder Judiciário que tem a competência para julgar os crimes dolosos, ou intencionais, contra a vida.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 02 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://anoticiadocaparao.com.br/