Convenções partidárias definem candidatos ao Governo do Espírito Santo

Convenções partidárias definem candidatos ao Governo do Espírito Santo

Prazo para registro de candidaturas vai até dia 05/08. Confira os candidatos já confirmados

 O Espírito Santo já tem seis candidaturas registradas para o Governo do Estado após as convenções partidárias do final da última semana. São eles: Aridelmo Teixeira (Novo), Audifax Barcelos (Rede), Carlos Manato (PL), Guerino Zanon (PSD), Renato Casagrande (PSB) e Vinícius Sousa (PSTU). 

O prazo final para homologação das candidaturas por meio das convenções vai é até 05/08. Confira os detalhes de cada candidatura, por ordem alfabética:


Aridelmo Teixeira (Novo)

Foto: Redes sociais.

O economista Aridelmo Teixeira disputará o Governo do Estado pela segunda vez. Em 2018, ele havia ficado em quinto lugar no pleito. Para concorrer às eleições, Aridelmo deixou o cargo de Secretário da Fazenda da Prefeitura de Vitória.

Para compor a chapa, o Novo oficializou a jornalista Camila Domingues para vice-governadora. O partido decidiu por manter uma chapa sozinho, sem fazer coligações.



Audifax Barcelos (Rede) 

Foto: Thiago Coutinho - A Gazeta.

 A Rede oficializou no último sábado o nome de Audifax Barcelos para concorrer ao Governo do Estado. A convenção contou com a participação dos colegas de coligação: Agir, Avante, PSOL e Solidariedade.

Audifax já foi prefeito da Serra por três vezes e já foi Deputado Federal entre 2011 e 2012. Seu candidato a vice-governador ainda não foi definido.



Carlos Manato (PL)

Foto: Redes sociais.

Na manhã de sábado (30), o PL lançou a candidatura de Carlos Manato ao Governo do Estado. O partido confirmou coligação com o PTB para a disputa. Na convenção, também foi lançada a candidatura do presidente do partido no ES, Magno Malta, ao Senado.

Manato é médico e foi Deputado Federal de 2003 a 2018, quando disputou o Governo do Estado, ficando em segundo lugar. Ainda não foi definido o nome de seu candidato a vice.



Guerino Zanon (PSD) 

Foto: Divulgação.

O PSD homologou no último sábado a candidatura do ex-prefeito de Linhares Guerino Zanon para concorrer ao Palácio Anchieta. O candidato a vice ainda não está definido. A convenção contou com os partidos coligados PMB e Democracia Cristã (DC).

Professor licenciado em Física pela UFES, Guerino foi prefeito de Linhares por quatro mandatos. Também ocupou uma cadeira na Assembleia Legislativa por duas vezes.



Renato Casagrande (PSB) 

Foto: Redes sociais.

 No último domingo, a convenção do PSB oficializou a candidatura do Governador Renato Casagrande à reeleição. Na oportunidade, foi escolhido Ricardo Ferraço (PSDB) como seu vice na disputa. O Governador anunciou na convenção seu apoio a Rose de Freitas (MDB) ao Senado e ao ex-Presidente Lula na disputa pela Presidência da República. Mais dez partidos participaram junto ao PSB na convenção: PDT, PSDB, PT, PCdoB, PV, PP, Pros, Cidadania, Podemos e MDB.

Renato Casagrande é engenheiro florestal e disputa o Governo do Estado pela quinta vez, buscando seu terceiro mandato. Ele também já foi Deputado Estadual, Deputado Federal, Vice-Governador e Senador.



Vinícius Sousa (PSTU)

Fotos: Redes sociais.

O Capitão da Polícia Militar Vinícius Sousa foi oficializado pelo PSTU como concorrente ao Governo do Estado nas próximas eleições. A convenção aconteceu na tarde do último sábado.

Junto ao Capitão Vinícius, o partido escolheu a jornalista Soraia Chiabai para compor a chapa como vice.



Desistências 

Três pré-candidatos a Governador mudaram os planos e decidiram pleitear outros cargos nestas eleições.

O Presidente da Assembleia Legislativa do ES, Erick Musso, registrou candidatura ao Senado pelo Republicanos. A convenção marcou ainda o registro da candidatura de Serginho Menengueli para deputado estadual.

O Deputado Federal Felipe Rigoni (União Brasil), que também era pré-candidato ao Governo, decidiu tentar a reeleição à Câmara dos Deputados.

Já o Senador Fabiano Contarato (PT) retirou sua pré-candidatura ao Governo do Estado após a aliança nacional do PSB com o PT. Dessa forma, Contarato deve apoiar a reeleição de Renato Casagrande.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 07 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://anoticiadocaparao.com.br/

Cron Job Iniciado