Republicanos ganha mais um deputado e divide liderança da bancada na Ales com PL

Republicanos ganha mais um deputado e divide liderança da bancada na Ales com PL

Partido dirigido por Erick Musso se iguala em número de deputados ao PL e as duas siglas de direita lideram as maiores bancadas da Ales, cada uma com cinco deputados 

O deputado estadual Pablo Muribeca oficializou na noite desta quinta-feira (23), em evento na Serra, sua filiação ao Republicanos, dirigido pelo ex-presidente da Ales, Erick Musso. Com a chegada de Muribeca, a sigla passa a ter cinco deputados estaduais. São eles: Sérgio Meneguelli, Bispo Alves, Hudson Leal e Alcântaro Filho. O partido passa a dividir com o PL a maior bancada do legislativo estadual e detêm a maior votação da história de um deputado no Estado, feito alcançado por Meneguelli, que obteve 138.523 votos no último pleito.

Dividindo a liderança com o PL, agora, o Republicanos aumenta sua representatividade e mais que dobra em números de parlamentares em relação à legislatura passada, quando elegeu dois deputados. O partido se apresenta como um movimento conservador e tem como base os valores cristãos. Segundo o estatuto, a legenda enxerga a família como alicerce da sociedade e busca a preservação da soberania nacional, a livre iniciativa e a liberdade econômica.

Pablo Muribeca se junta ao grupo de deputados republicanos sendo conhecido por sua forte atuação na área da saúde. Na Ales, preside a Comissão de Ciência, Tecnologia, Minas e Energia e é vice-presidente da Comissão de Segurança e Combate ao Crime Organizado e também da Comissão de Saúde e Saneamento. Iniciou a carreira política como vereador pela Serra em 2020. Em 2022 foi eleito para o seu primeiro mandato de deputado estadual, com 24.555 votos. E é um dos cotados para disputar a Prefeitura da Serra nas eleições de 2024, sendo contumaz opositor político de Sérgio Vidigal (PDT), atual prefeito.

Durante o evento, o presidente do Republicanos disse que deu boas vindas ao novo membro do partido e disse que a sigla se difere das demais de mesma ideologia política porque preza pelo equilíbrio e o diálogo. "Ser conservador está muito acima de ser apenas de uma sigla partidária. O conservadorismo nesse país está acima de uma denominação e não tem dono, não tem extremismos", disse Musso.

Musso enfatizou que "é hora de Serra ser oxigenada e respirar novos ares". Afirmou ainda que é tempo de renovação e coalisão de forças. "Chegou a hora de um prefeito sair de trás de uma mesa e olhar para os problemas das pessoas", disse.

Estiveram no evento os deputados federais Amaro Neto, Messias Donato, o presidente da Câmara Municipal de Vitória, Leandro Piquet, entre outras autoridades. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 02 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://anoticiadocaparao.com.br/

Cron Job Iniciado